A BUSCA PELA EFICIÊNCIA DOS SISTEMAS FOTOVOLTAICOS CONECTADOS À REDE: UMA ANÁLISE SOBRE OS PRINCIPAIS FATORES DE PERDA, SOLUÇÕES E INOVAÇÕES

Ana Júlia Nunes de Araújo, Ana Carolina Tedeschi Gomes Abrantes

Resumo


A energia proveniente do Sol é indispensável para todos os seres no Planeta Terra e a sua utilização para gerar energia elétrica é um dos ramos mais promissores da engenharia elétrica, pois além de ser uma fonte limpa e inesgotável, ainda é facilmente empregada. Isto se deve ao fato de poder ser instalada tanto em propriedades rurais, assim como de forma harmoniosa nas construções e telhados dos grandes centros urbanos. Dessa forma, este trabalho descreve, por meio de análises, os melhores equipamentos, topologias, materiais e instalações dos sistemas fotovoltaicos conectados à rede elétrica, comparando as tecnologias empregadas e o seu modo de instalação, identificando os principais fatores de perdas e possibilitando não só um resultado imediato para quem procura maximizar o desempenho de um sistema fotovoltaico, como servindo de material de estudo e apoio para futuros pesquisadores e profissionais da área. Além disso, este trabalho procura apresentar soluções fáceis e simples para aumentar a eficiência e a qualidade do sistema.


Texto completo:

PDF

Referências


ABDOLZADEH, M; AMERI, M. Improving the effectiveness of a photovoltaic water pumping system by spraying water over the front of photovoltaic cells. Renewable Energy, v.34, p. 91-96, 2009.

ANEEL. Relação de Registros de Micro e Minigeradores distribuídos. Disponível em: < http://www2.aneel.gov.br/scg/gd/gd.asp >. Acesso em: 08 de novembro, 2016.

ANGELO, M. B.; TIEPOLO, G. M. Estimação da taxa de desempenho de um sistema fotovoltaico conectado à rede em diferentes mesorregiões do estado do Paraná. VII Congresso Brasileiro de Energia Solar. Gramado. 2018.

BASSAN, T. A. M. S.; URBANETZ JR, J. Análises de equações de eficiências de inversores através de um comparativo prático. VII Congresso Brasileiro de Energia Solar. Gramado. 2018.

BENEDITO, R. D. S. Caracterização da geração distribuída de eletricidade por meio de sistemas fotovoltaicos conectados à rede, no Brasil, sob os aspectos técnico, econômico e regulatório. Universidade de São Paulo. São Paulo. 2009.

CECCHINI, T. Otimização das regiões altamente dopadas de células solares fabricadas por processos térmicos rápidos de pequeno porte. 2003. 102 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2003.

CRESESB. Princípios e Aplicações. ELETROBRAS. Rio de Janeiro: Centro de Referência para Energia Solar e Eólica, 2006.

EMANUEL, F. M. Módulo fotovoltaico com seguimento da posição solar. Dissertação (Mestrado). Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa. Portugal. 2009.

EPE – EMPRESA DE PESQUISA ENERGÉTICA – Síntese do Relatório Final do Balanço Energético Nacional 2016. Ministério de Minas e Energia – MME. Brasília – DF. 2016. FSEC. Photovoltaic system design – course manual, Florida Solar Energy Center. 1997.

FREITAS, G. A. Eficiência energética de um painel fotovoltaico com rastreador solar baseado em sensores LDR comparado a um painel em ângulo fixo. Universidade de São Paulo. Pirassununga. 2018.

GASPARIN, F. P.; KRENZINGER. A; Desempenho de um Sistema fotovoltaico em dez cidades brasileiras com diferentes orientações de painel. Revista Brasileira de Energia Solar Ano 8 Volume VIII Número 1. Rio Grande do Sul. 2017.

GNOATTO, E.; DALLACORT, R.; RICIERI, R. P.; SILVA, S. L.; FERRUZI, Y. Eficiência de um conjunto fotovoltaico em condições reais de trabalho na região de Cascavel. Acta Scientiarum Technology, Maringá, v. 30, n.2, p. 215-219, 2008.

GREEN, M. A.; EMERY, K.; HISHIKAWA, Y.; WARTA, W.; DUNLOP, E. D. Solar Cell Efficiency Tables (version 41). Progress in Photovoltaics: Research and Applications, v. 21, 2013, p. 1-11.

IKKI, O.; KUROKAWA, K. The Japanese Experiences with National PV System Programmes. Solar Energy. Vol 70. Nº 6. 2001.

IEC/TS 61836 (Internacional Electrotechnical Commission). Solar photovoltaic energy systems - Terms, definitions and symbols. 2016.

INOVAÇÃO TECNOLÓGICA. Painel solar de silício negro entra em fabricação industrial. Disponível em: https://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=paineis-solares-silicio-negro-chegam-fabricacao-industrial. Acesso em: 15 de janeiro de 2019.

LEMOS, L. O., FERREIRA, Â. M., JOTA, P. R. S., SILVA, A. G. V. Efeitos da sujidade no desempenho de módulos fotovoltaicos. VI CBENS - VI Congresso Brasileiro de Energia Solar. Minas Gerais. 2016.

PORTAL SOLAR. Nova Célula solar fotovoltaica consegue converter 41% da luz em energia. Disponível em: Acesso em: 29 de janeiro de 2019.

PORTAL SOLAR. Solar Group lança no Brasil fixador de painéis solares que reduz em 50% o custo de instalação. Disponível em: https://www.portalsolar.com.br/blog-solar/energia-solar/solar-group-lanca-no-brasil-fixador-de-paineis-solares-que-reduz-em-50-o-custo-de-instalacao.html Acesso em: 17 de fevereiro de 2019.

PINHO, J. T.; GALDINO, M. A. Manual de engenharia para sistemas fotovoltaicos. CRESESB. 2014.

RÜTHER, R. Edifícios solares fotovoltaicos: o potencial da geração solar fotovoltaica integrada a edificações urbanas e interligada à rede elétrica pública no Brasil. Florianópolis: LABSOLAR, 2004.

URBANETZ JR, J. Sistemas Fotovoltaicos Conectados a Redes de Distribuição Urbanas: Sua Influência na Qualidade da Energia elétrica e Análise dos Parâmetros que Possam Afetar a Conectividade. Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis. 2010.

VIEIRA, E. A. Aumento do Rendimento de Módulos Fotovoltaicos com Aproveitamento da Energia Térmica para Geração Termoelétrica de Estado Sólido. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal de Santa Maria. Santa Maria. 2018.

VILLALVA, M. G. Energia Solar Fotovoltaica, 2a Edição. 2015


Apontamentos

  • Não há apontamentos.