A IMPORTÂNCIA DA DEMOCRATIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO CADASTRAL NA EXECUÇÃO DA AVALIAÇÃO DE IMÓVEIS NO MUNICÍPIO DE CASCAVEL – ESTADO DO PARANÁ

Marcos Aurélio Pelegrina, Ronald Peixoto Drabik, Mariana Melani Drabik Belini

Resumo


A Prefeitura Municipal de Cascavel – PR, passou por uma reestruturação cadastral, após contratação de consultor para atualização da Planta Genérica de Valores (PGV), com a finalidade de promover uma justiça tributária. Essa reestruturação tinha como propostas: implantação de uma justiça tributária, modernização no cadastro por meio de um sistema de gestão via web, e ainda, promover uma valorização dos profissionais de Arquitetura e Engenharia. Sendo assim, foi desenvolvido o GeoCascavel, ferramenta que tem como objetivo disponibilizar aos gestores públicos municipais e aos cidadãos, informações importantes acerca das parcelas territoriais urbanas. O GeoCascavel, um portal na internet de acesso a dados geográficos e tem se tornado uma ferramenta importante para o trabalho dos engenheiros de avaliações de imóveis. Através dele é possível consultar informações do cadastro imobiliário do local pesquisado; realizar a consulta de viabilidade; entre outros recursos. De forma resumida o sistema facilitou e agilizou bastante o acesso às informações do município como um todo. Anteriormente a ele, precisava dirigir-se à Prefeitura, fazer um protocolo de pedido de uma Consulta Prévia, esperar os prazos, ou seja, o processo era oneroso e demorado, e agora basta ter acesso à internet que você terá a informação pronta na sua tela.


Texto completo:

PDF

Referências


ARAUJO, A. L.; CARNEIRO, A. F. T.; DE SÁ, L. A. C. M. Disponibilização de Dados Cadastrais Via Internet. UFPE – Departamento de Engenharia Cartográfica, Programa de Pós-Graduação em Ciências Geodésicas e Tecnologia da Geoinformação. Recife (s.d.).

BALL, G. L. Ecosystem modeling with GIS. Environmental Management, v. 18, nº 3, p. 345-349, 1994.

BERNARDY, R. O planejamento urbano de pequenos municípios com base no Plano Diretor. Revista Desenvolvimento em Questão, Chapecó: ano 11, nº 22, p. 4-34, jan/abr. 2013. Disponível em: . Acesso em: 24 set. 2014.

BRANDÃO, A. C.; SANTOS FILHO, A. V. dos. Sistema de cadastro territorial georrefenciado em áreas urbanas. Revista VeraCidade, Salvador: ano 3, nº 3, mai. 2008. Disponível em: . Acesso em: 26 set. 2017.

BRASIL. Estatuto da Cidade: guia para implementação pelos municípios e cidadãos. 2 ed. Brasília: Câmara dos Deputados, Coordenação de Publicações, 2002.

________. Ministério das Cidades. Diretrizes para a criação, instituição e atualização do Cadastro Técnico Multifinalitário (CTM) nos municípios brasileiros. Diário Oficial da União: Portaria nº511, de 7 de dezembro de 2009.

CASCAVEL. Prefeitura Municipal de Cascavel. Plano de Negócios do Geoportal Cascavel. 2013.

________. Prefeitura Municipal de Cascavel. Perfil do Município. Site Oficial. Disponível em: . Acesso em: 22 de ago. de 2014a.

________. Prefeitura Municipal de Cascavel. Localização. Site Oficial. Disponível em: . Acesso em: 22 de ago. de 2014b.

________. Prefeitura Municipal de Cascavel. Home. Disponível em: < http://geocascavel.cascavel.pr.gov.br:10080/geo-view/faces/sistema/geo.xhtml >. Acesso em: 3 mai. de 2017a/b/c.

DANTAS, R. A. Engenharia de avaliações: uma introdução à metodologia científica. São Paulo: Pini, 20033

ERBA, D.A.; LOCH, C. A lei nacional de cadastro: uma necessidade urgente do Brasil. VII CONEA - CONGRESSO NACIONAL DE ENGENHARIA DE AGRIMENSURA. Anais... Salvador, 1996.

GARCIA, R. C. O que é preciso saber sobre o cadastro técnico multifinalitário. Brasília, DF: Caixa Econômica Federal, 2007.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Cascavel. 2016. Disponível em: . Acesso em: 29 nov. de 2016.

LEES, B. G.; RITMAN, K. Decision-tree and rule-induction approach to integration of remotely sensed and GIS data in mapping vegetation in disturbed or hilly environments. Environ Manage, v. 15, nº 6, p. 823-831, 1991.

LEITE, N. B. F. Associação da Análise Booleana e Lógica Fuzzy ao sistema de informação geográfica aplicados a Planos Diretores. Estudo de caso: Ponte Nova, MG. 2005. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) - Departamento de Pós-Graduação em Engenharia Civil – Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2005.

________. T. L. Avaliação da Reestruturação Cadastral e Implantação de Geotecnologias no Cadastro Técnico Municipal do Município de Cascavel-PR. Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Cascavel-PR, 2013.

LOCH, C. Cadastro técnico multifinalitário rural e urbano. Florianópolis: Ed. da UFSC, 1998.

MARCONI, M de A.; LAKATOS, E. M. Metodologia Científica. São Paulo: Atlas, 2011.

MICHAEL, R. Avaliação em massa de imóveis com uso de inferência estatística e análise de superfície de tendência. Florianópolis, 2004. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) – Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2004.

MOORE, D. M.; LEES, B. G.; DAVEY, S. M. A new method for predicting vegetation distributions using decision tree analysis in a geographic information system. Environmental Management, v. 15, p. 59-71, 1991.

ONYEKA, E. C.: Multipurpose Cadastre: An Under-utilized NGDI Dataset. From Pharaohs to Geoinformatics FIG Working. Week 2005 and GSDI-8. Cairo, Egypt April 16-21. 2005.

PASQUOTTO, G. B., GUSHIKEN, A. T., MAGAGNIN, R. C. Elaboração de um sistema de informações Georreferenciadas para o Planejamento Urbano: estudo de caso – centros educacionais de Bauru. Instituto de Engenharia Arquitetura e Design – INSEAD. Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio CEUNSP, Salto, mar. 2010.

PELEGRINA, M. A.; GIROTTO, E. D. Da lei ao direito: processos, políticas e instrumentos na construção do direito à cidade. Terr@ Plural (UEPG. Online), v. 7, p. 125-142, 2013.

________, M. A. Políticas Públicas para Implementação do Cadastro Multifinalitário Comparação entre Brasil e Portugal. Tese de Pós-Doutorado em Geografia. Universidade Nova de Lisboa, Lisboa, 2014.

________. M. A.; JULIAO, R. P.; Canal, M. A. Capítulo 25: A importância da modernização cadastral na gestão territorial urbana no Município de Cascavel (Estado do Paraná Brasil). In: Atas das I Jornadas Lusófonas de Ciências e Tecnologias de Informação Geográfica.1 ed. Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra, 2015, v.1, p. 421-426.

PEREIRA, C. C. A importância do cadastro técnico multifinalitário para elaboração de planos diretores. 2009. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil. Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, 2009.

PETTA, R. A. e CUNHA, J. A. da. Sistema de Informação aplicado à Gestão Territorial e Cadastro Técnico Multifinalitário. 2004. Programa de Pós-Graduação em Geociências. Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Natal, 2004.

RODRIGUES, A. F. Análise das aplicações de GIS em planejamento urbano no estado de Minas Gerais. Programa de Pós-Graduação Geografia - Tratamento da Informação Espacial. Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Belo Horizonte, 2004.

RODRIGUES, A. M. Direito à cidade e o estatuto da cidade. CIDADES: Revista científica/Grupo de estudos urbanos, Presidente Prudente, v. 2, n. 3, p. 85-110, 2005.

SILVEIRA, W. J. C. As Necessidades do Planejamento Urbano em Santa Catarina. Departamento de Arquitetura e Urbanismo. Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, (s.d.).

SOUSA NETO, J. A.; PELEGRINA, M. A.; CANAL, M. A. Edição de metadados de dados geoespaciais do Geocascavel utilizando a ferramenta geonetwork. In.: IV Simpósio Brasileiro de Ciências Geodésicas e Tecnologias da Geoinformação. Anais..., Recife - PE, p. 001 – 008, 2012.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.